quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Chaves: A História Oficial Ilustrada traz imagens íntimas de Roberto Bolaños


Com lançamento previsto para o dia 13 de agosto, "Chaves: A História Oficial Ilustrada" apresenta a trajetória de Roberto Gómez Bolaños, o artista que deu vida a Chaves e Chapolin.
A Televisa, emissora mexicana que transmite até hoje os seriados, organizou em 17 países o "América celebra a Chespirito". A edição, publicada no Brasil pela Universo dos Livros, faz parte desse reconhecimento ao humorista. O volume também traz uma mensagem exclusiva de Bolaños para o público brasileiro.
Criado na década de 1970, "Chaves" estreou no Brasil em 1984. Mesmo décadas depois, com humor ingênuo e sem apelação sexual, o programa continua a marcar altos pontos de audiência.
Veja algumas imagens e leia depoimentos de Bolaños.
Roberto Gómez Bolaños
aos oito meses de idade

 Roberto Bolaños no primário;
Gostava de boxe e futebol

"Quando pequeno, minha ambição era ser jogador de futebol; continuo com essa vontade, embora saiba que isso não é algo possível. Quando jovem, queria ser engenheiro --inclusive cursei até o segundo ano do curso de engenharia da Universidad Nacional Autónoma de México. Eu gostava e ainda gosto de matemática, embora já tenha esquecido o que é cálculo integral, diferencial etc.", conta.
 Florinda Meza aos 27 anos 
"Florinda era uma dessas mulheres que passam de uma em uma e que os homens seguem de três em três. Conforme passamos os anos trabalhando juntos, sua essência me inundava cada vez mais, mas eu tinha que afogar meus sentimentos em silêncio. Minha condição de chefe era a barreira ética que me impedia de tentar qualquer aproximação que excedesse os limites de um tratamento digno e honesto. O que me encantou em Florinda foi o fato de ela ter muitas qualidades. Além de cantar e dançar, escreve. Me apaixonei por ela e continuo apaixonado."
Roberto Gómez Bolaños

Fotos do livro "Chaves: 
A História Oficial Ilustrada"




A Televisa, emissora mexicana que transmite até hoje os seriados, organizou em 17 países o "América celebra a Chespirito". A edição, publicada no Brasil pela Universo dos Livros, faz parte desse reconhecimento ao humorista. O volume também traz uma mensagem exclusiva de Bolaños para o público brasileiro.
Criado na década de 1970, "Chaves" estreou no Brasil em 1984. 


Fonte: Livraria da folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Após escrever seu comentário, vá na opção "Comentar como:" escolha a opção NOME/URL. Preencha só o campo NOME. Caso você tenha um blog, vá em CONTAS DO GOOGLE. Agradecemos o comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...